Site Map
  Home Home Forum Forum Minha conta Minha conta Participe Participe Contactos Contactos
Rotas Turísticas
www.rotasturisticas.com

Participe
Conte-nos acerca dos destinos de férias que visitou. Clique aqui.
Destinos de Férias
Portugal
Férias e informação: ESPOSENDE

ESPOSENDE o que fazer, o que visitar, onde ir, onde comer, reserva de hotéis, aeroportos mais próximos, fotos, informação geral, dicas, etc.
Avaliação geral Ainda não temos pontuação

Seja o primeiro a dar opinião acerca de ESPOSENDE
Hotéis em ESPOSENDE
Faça a sua reserva de hotel para ESPOSENDE
 
Hotel Parque Do Rio
Esposende
   
Axis Ofir Beach Resort Hotel
Esposende
   
Estalagem Zende
Esposende
   
Hotel Suave Mar
Esposende
 
 
Apulia Praia Hotel
Esposende
   
Hotel Mira Rio
Esposende
   
Barca Golf House
Esposende
   
Apartamento Arantes de Oliveira
Esposende
 
 
Apartamento Esposende
Esposende
   
Casa Normanda
Esposende
   
Villa in Esposende
Esposende
   
Casas da Barca
Esposende
 
 
House 38 in Quinta da Barca
Esposende
   
Lar Narupean - Ofir T2
Esposende
   
Book Me Ofir Apartamento
Esposende
   
Casa de Goios
Esposende
 
 
Pousada de Juventude de Foz do Cávado
Esposende
   
Holiday home Esposende 1
Esposende
   
Holiday home Esposende 2
Esposende
   
Apartment Esposende 1
Esposende
 
 
Quinta da barca esposende
Esposende
   
Vivenda Da Silva
Esposende
   
Book Me Esposende Vivenda
Esposende
   
Villa Spozendus
Esposende
 
 
Casa do Pinhal da Foz
Esposende
   
Ofir House
Esposende
   
Book Me - Ofir
Esposende
   
Casa Capoto
Esposende
 
 
Ofir Residence
Esposende
   
SWA Apartment
Esposende
   
Moradia Esposende
Esposende
 

Aeroportos próximos de ESPOSENDE a uma distância máxima de 250 km do centro de ESPOSENDE
BGZ - Braga Airport 28.73 km do centro de ESPOSENDE - Aeroporto Regional
OPO - Francisco Sá Carneiro, Porto 33.87 km do centro de ESPOSENDE - Aeroporto internacional
VGO - Vigo 78.16 km do centro de ESPOSENDE - Aeroporto internacional
VRL - Vila Real 92.85 km do centro de ESPOSENDE - Aeroporto Regional
CHV - Chaves 111.41 km do centro de ESPOSENDE - Aeroporto Regional
VSE - Viseu 116.48 km do centro de ESPOSENDE - Aeroporto Regional
SCQ - Santiago de Compostela 154.87 km do centro de ESPOSENDE - Aeroporto internacional
CBP - Coimbra 154.98 km do centro de ESPOSENDE - Aeroporto Regional
BGC - Bragança 175.90 km do centro de ESPOSENDE - Aeroporto Regional

Informações gerais acerca de ESPOSENDE
Esposende é uma cidade portuguesa no Distrito de Braga, região Norte e sub-região do Cávado, com cerca de 11 000 habitantes.

É sede de um pequeno município com 95,41 km² de área1 e 34 254 habitantes (20112 ), subdividido em 9 freguesias.3 O município é limitado a norte pelo município de Viana do Castelo, a leste por Barcelos, a sul pela Póvoa de Varzim e a oeste pelo Oceano Atlântico.

O ponto mais elevado do concelho situa-se na Maceira, a 281 metros de altitude, na freguesia de Vila Chã.
Fonte: wikipedia
Turismo
Esposende é um pequeno concelho do litoral minhoto, cuja riqueza natural e patrimonial que encerra em si mesmo faz com que se apresente como “Um Privilégio da Natureza”.

A sua diversidade é materializada nas praias atlânticas da orla marítima; nas pequenas praias fluviais de inúmeros recantos idílicos dos rios Cávado e Neiva e nos vários cenários de ruralidade de floresta e pinhal que o interior alberga.

É esta diversidade de tons e sons, sabores e odores, uma verdadeira pluralidade de paisagens e patrimónios – do natural ao cultural, do enogastronómico ao etnográfico – que tem sido o mote para o município promover a sua região e o seu Turismo.

Todo este rol de ofertas é ricamente complementado a afabilidade e o saber acolher das gentes desta Terra de Mar.

O concelho de Esposende pertencente ao distrito de Braga é uma tira da costa litoral portuguesa, no eixo Atlântico entre Vigo e o Porto, nas proximidades das cidades de Viana do Castelo, Póvoa de Varzim, Barcelos e Braga.

Este jardim à beira mar plantado, recortado na sua paisagem pelas bacias hidrográficas do Cávado e Neiva e limitado a oeste pela imensidão do Oceano Atlântico, guarda cenários de rara beleza natural.

Num concelho que concilia todas as vertentes da natureza, Esposende tem para oferecer extensos areais e dunas, pinhais e zonas florestais com núcleos de carvalhos, montes e arribas fósseis, rios e mar, tudo enquadrado num equilíbrio dinâmico e que permitem afirmar: “Esposende, um privilégio da natureza”.

O estuário do Cávado e sapal associado, apresentam-se como um local estratégico para as aves migratórias que procuram nestas paragens um refúgio para o frio dos invernos mais rigorosos do Norte e Centro da Europa. O rio Neiva e suas águas límpidas, o verde do pinhal de Ofir e a vista deslumbrante que o monte de São Lourenço oferece sobre Esposende, são apenas alguns dos motivos de interesse do concelho em que a riqueza da paisagem natural e do património construído pela mão humana, como são o caso dos moinhos de ventos, os campos em masseira, as azenhas e os castros, conjugam-se numa harmonia única, constituindo paisagens de elevado valor cénico e ambiental e que confirmam Esposende como um dos mais belos concelhos da região Norte.

Do alto do monte de São Lourenço ou da Senhora da Guia, poderemos apreciar o recorte marítimo da nossa costa e o encanto das suas praias, a excelência das praias fluviais que marginam estes rios e o seu feliz encontro com a imensidão do Atlântico.

Esposende possui uma grandeza patrimonial e paisagística ímpar, que se revela na arquitectura dos lugares e nos usos e costumes tradicionais, palco e cenário para uma riquíssima e intensa vida cultural, assente principalmente nas povoações de Forjães, Apúlia, Fão e Esposende, onde espectáculos teatrais, musicais e etnográficos rivalizam com mostras gastronómicas e exposições, proporcionados por diversas colectividades locais e pelo Museu Municipal, em Esposende.

À característica única das suas comunidades agro-piscatórias do litoral, somam-se as comunidades rurais do interior, fortemente influenciadas pelo gosto brasileiro dos ricos “torna-viagem”, que nas primeiras décadas do séc. XX trouxeram notáveis residências a ombrearem em esplendor com os “chalets” em estilo Arte Nova dos veraneantes.

Destino de férias, lazer e descanso de poetas, escritores, jornalistas, músicos, arquitectos, escultores e pintores, imortalizaram-no na sua obra e arte, onde os monumentos e as paisagens são os protagonistas.

O Solar de Pregais, uma quinta agrícola do séc. XVII, em Forjães, a Casa de Belinho, do poeta António Correia de Oliveira, em Belinho, a Igreja Velha, onde se iniciou o original Banho Santo, uma das mais importantes romarias da península Ibérica ligadas aos benefícios da água do mar, em S. Bartolomeu de Mar, a Capela dos Mareantes, com o seu genuíno tecto dos apóstolos, abóbada esculpida em talha policroma, na Igreja da Misericórdia em Esposende, o Forte de S. João Baptista, fortificação do séc. XVII, de traço Vauban na margem norte da foz do rio, onde actualmente se aloja o Farol de Esposende, o Facho da Bonança, pequeno fortim de atalaia, tão importante na defesa da costa durante as Invasões Francesas e as Lutas Liberais, em Fão, e a Capela da Senhora da Bonança, Virgem padroeira e protectora dos pescadores, que desde o mar da Afurada à vizinha Galiza aqui se refugiavam e pediam graças até meados do séc. XX, também em Fão, destacam-se nos sítios de interesse patrimonial a visitar.

O Atelier-Museu do pintor Henrique Medina, no lugar de Góios, Marinhas, o Centro Cultural de Forjães, com os seus painéis de azulejo assinados por Jorge Colaço, edifício que foi uma Escola Primária, hoje reabilitado para diversas funções, com destaque para o Pólo de leitura da Biblioteca Municipal e para a Ludoteca Municipal, a própria Biblioteca Municipal Manuel de Boaventura, em Esposende, a par do Museu Municipal, são alguns dos locais a não perder também numa visita ao concelho.

Esposende é terra fortemente marcada pela presença do Homem, sendo, por isso, terra de reminiscências.

A mais antiga manifestação humana no concelho remonta ao Paleolítico, através dos instrumentos líticos que vão aparecendo nas imediações das antigas praias e ao longo das margens do Cávado.
No entanto, é a Cultura Megalítica aquela que mais marcas deixou, mormente no planalto de Vila Chã. Pelo III milénio a.C., os povos cujos interesses sócio-económicos privilegiaram a pastorícia, ergueram os menires e construíram os dólmens existentes no concelho e que contribuem para o enriquecimento cultural desta região.

Séculos volvidos, em plena Idade do Ferro, os povos acantonaram-se no cimo dos montes ou nos esporões que se debruçam sobre as linhas de água e aí construíram os seus povoados fortificados. Exemplo carismático é o castro de S. Lourenço, na freguesia de Vila Chã, tendo-se, mesmo, tornado no ex-libris do património de Esposende.

Os romanos marcam uma nova mentalidade e uma mudança. As populações dos antigos castros da Subidade (Belinho), do Monte Crasto, de S. Lourenço ou do Senhor dos Desamparados (Palmeira de Faro) descem do alto dos seus povoados e procuram os campos de cultivo, sendo os precursores da actual paisagem do concelho e da região.

A medievalidade do concelho está representada nos vestígios ligados ao enterramento. A sepultura cavada na rocha de Eira d’Ana (Palmeira de Faro), o túmulo com tampa em estola de Forjães e a necrópole das Barreiras (Fão) são bem o exemplo disso.

Os séculos seguintes foram de contínuo trabalho e um sem número de testemunhos físicos nos foram legados. Capelas e igrejas, solares e casas de lavoura, moinhos e azenhas, pontes e caminhos, fachos e fortalezas, barcos e artes marítimas, festas e romarias são a herança colectiva de um povo que com a sua humildade soube contribuir para o engrandecimento cultural de Esposende.

As Festas e Romarias são o espelho das tradições e costumes do nosso povo.

Um passeio pelo calendário festivo de Esposende, revela que as suas paróquias promovem, anualmente, pelo território geográfico deste concelho marítimo, inúmeras festas e romarias.

Este roteiro festivo é muito preenchido, iniciando-se logo no primeiro mês do ano com o Santo Amaro de Belinho.

As celebrações da Semana Santa atingem o seu auge na cidade de Esposende e o Bom Jesus de Fão, cuja festa de realiza do Domingo de pascoela, é motivo de orgulho para todos os fangueiros.

A Senhora da Guia, por finais de Maio, marca a transição para o mês Junho dos santos populares – Santo António, São João, São Pedro. As tradicionais festividades do Santo António de Palmeira de Faro e o São João em Esposende são as mais representativas.

Chega Julho com as festas de São Bento, em Marinhas, e Santa Marinha na vila de Forjães.

Entra-se em Agosto e os barcos engalanados sobem o Cávado até à Senhora do Lago, na Barca do Lago, em Gemeses. Neste alucinante mês, onde quase diariamente há lugar a uma festividade, o São Lourenço no alto de Vila Chã é local de grande romaria. Desce-se, depois, até à às Festas da cidade de Esposende, em honra de Nossa Senhora da Saúde e da Soledade que celebram a 15 de Agosto. Também a Senhora da Guia, na vila de Apúlia marca presença e a 24 do mesmo mês, o milagroso São Bartolomeu de Mar. Esta multissecular romaria apresenta características impares, como o ritual da oferta do galo negro e o banho santo no mar.

A capela de Santa Tecla, em Antas, é local de afamada romaria no primeiro domingo de Setembro.

Depois a 11 de Novembro, mata-se o porco, prova-se o vinho novo e comem-se as castanhas. Fazem-se magustos e comemora-se o São Martinho, celebração alimentar que têm especial destaque em Gandra.

A todo este ritual de festa, arraial popular e folia, se podem acoplar as feiras e a beleza dos trajes, das danças e cantares dos nossos grupos folclóricos.

Fruto do sentimento próprio de cada artesão, de toda a vivência comunitária que o envolve e dos conhecimentos adquiridos ao longo dos tempos, o artesanato é o resultado de uma criação do imaginário individual de cada artista, da memória de um passado.

A descoberta da função utilitária e decorativa do artesanato remonta à Idade Média, persistindo a sua maturação ao longo do séculos tendo como base as especificidades identitárias próprias das artes e saberes de cada comunidade local.

As peças que hoje são adquiridas detêm um valor simbólico, estético ou manifestativo de recordação, transformando-se em objectos de arte ou testemunho de tradição.

O concelho de Esposende é extremamente rico em granito, matéria prima que trabalhada pelas “mágicas mãos” dos canteiros transformam estes materiais pétreos em verdadeiras obras de arte. Os característicos trabalhos de junco, que resultam na elaboração de carpetes, passadeiras e cestas, são igualmente o testemunho de uma confecção artesanal legada através de gerações mais antigas.
Fonte: cm-esposende
Gastronomia
Em Esposende, a gastronomia tradicional portuguesa têm lugar cativo à mesa dos nossos restaurantes. O esmero colocado na arte de bem confeccionar e servir grandes repastos, “verdadeiros manjares dos deuses”, reflectem a pureza, variedade, genuinidade e tradição da nossa cozinha onde pontificam os produtos alimentares endógenos que caracterizam a nossa dieta atlântica, baseada sobretudo nos peixes do nosso mar e rio.

Ementas onde despontam, por exemplo, o suculento robalo – assado no forno ou de arroz – sem esquecer a sardinha e o bacalhau cozinhados de “mil e uma maneiras”, ou ainda a riqueza os mariscos da nossa costa e a lampreia, fazem as delicias de todos nós e representam um cartaz gastronómico impar na região e no país.

Na companhia da degustação destes pratos estão os Vinhos Verdes de Quinta, ligeiros, suaves e aromáticos provenientes das encostas soalheiras dos vales do Neiva e do Cávado.

As conventuais e adocicadas clarinhas de Fão, as cavacas ou folhadinhos rematam uma faustosa refeição.

Esposende é ainda um pequeno paraíso no domínio da preservação destes Tesouros Gastronómicos que correspondem a seculares tradições, uma “pesada” herança de raízes culturais que identificam este concelho como “Terra de Mar”.
Fonte: cm-esposende
Clima
O clima de Esposende possui quatro estações bem definidas. Os invernos são bastante pluviosos e frios, e geralmente com ventos moderados de Sudoeste. As primaveras são tipicamente frescas, com grandes aberturas e ventos suaves. Os verões são quentes e solarengos com ventos suaves d'Este. Nos dias mais frescos, podem ocorrer espontaneamente chuvas de curta duração, Os Outonos são amenos e pluviosos, geralmente com ventos moderados.
Fonte: homeaway


 

 

10 locais a visitar e onde ir em: ESPOSENDE e num raio de 25 Km
Forte de São João Baptista de Esposende
Esposende
Castro de São Lourenço
Esposende
Largo do Apoio
Barcelos
Pelourinho de Barcelos
Barcelos
Ponte Medieval de Barcelos
Barcelos
Igreja de Nossa Senhora do Terço de Barcelos
Barcelos
Basílica de Santa Luzia
Viana do Castelo
Mosteiro de Santa Clara
Vila do Conde

 

 

4 Restaurantes Onde Comer em: ESPOSENDE e num raio de 15 Km
Restaurante Varandas Do Cávado
Esposende
Restaurante Atlântico
Fão
Restaurante Camelo Da Apúlia
Apulia
Restaurante Adega do Agostinho
Esposende

 

 

2 Onde Comprar em: ESPOSENDE e num raio de 15 Km
Sports Direct Barcelos
Barcelos
Continente de Barcelos
Barcelos

 

 

5 Clubes e Campos de Golfe em: ESPOSENDE e num raio de 50 Km
Quinta da Barca Golf Club
Esposende
Estela Golf Club
Póvoa de Varzim
Rilhadas Golf Club
Fafe
Axis Ponte de Lima Golf Course
Ponte de Lima
 
 

  Comentar & avaliar
Os seus comentários e a sua avaliação podem ajudar muito outros turistas. Agradecemos a sua colaboração.

Se já esteve em: Esposende
fale-nos da sua experiência

Carregue aqui...

Destinos turísticos em
Portugal

 

 

Partilhe as fotos das suas férias em Esposende

 

 



10 Fotos de:
Esposende
 
 
HOME | Quem somos | Politica de privacidade | Publicidade | Contactos | Mapa do Site